Jardim particular

jardimparticular
Share Button
Aprenda a cultivar plantas em casa e no apartamento

O verde foi eleito a cor de 2017 pela Pantone Color Institute e já influenciou os segmentos da moda e da decoração. Dentro dos lares mais modernos, tintas de parede, quadros e móveis já seguem a tonalidade. Mas é outro verde que chama mais a atenção: o das plantas.

É comum ver vasinhos e jardins verticais nas sacadas dos vizinhos ou ouvir que os temperos, como o manjericão e a cebolinha, foram cultivados no quintal de casa. Esse “upgreen” é acompanhado pelo mercado, com muitas lojas de construção dedicando maior espaço à jardinagem. Há ainda redes especializadas, que trabalham exclusivamente com plantas e acessórios “garden”.

A crise parece não ter afetado o comércio das plantas, que continua florescendo: a meta de 8% de crescimento anual foi atingida ainda no primeiro semestre de 2016, segundo o Ibra (Instituto Brasileiro de Floricultura).

“No ano passado, o Brasil cultivou mais de 5.000 espécies. Entre elas, 300 tipos de rosa e centenas de orquídeas produzidas só para abastecer o mercado interno”, afirma Rodrigo Xavier de Oliveira, gerente comercial do Shopping Garden, que trabalha com cerca de 3.000 tipos de plantas nas prateleiras.

Ter um jardim particular vai além da decoração, é quase um estilo de vida: “As folhas coloridas trazem inspiração e energia para o ambiente, além de limpar o ar e ajudar a aliviar o estresse”, diz Xavier.

A loja Milplantas começou com um pequeno box na Ceagesp, em 1990. Hoje, além de manter três espaços na famosa feira de flores, a marca conta com uma butique personalizada que ocupa quase um quarteirão na Vila Leopoldina, zona oeste de São Paulo. “Atendemos a quase 350 clientes por dia, que buscam de plantas ornamentais a arranjos florais elaborados”, conta Aparecido Gomes, gerente de vendas da Milplantas. O local oferece uma variedade de 15 mil espécies.

Não faltam opções para quem já se cansou da monotonia do cinza urbano. E nem é preciso ter um pedaço grande de terra para realizar o sonho do jardim próprio: basta saber cultivar.

Confira, abaixo, as características das plantas ‘queridinhas’ do momento:

Como cuidar das suas plantas

Violeta: precisa de bastante luz, mas não suporta sol direto. Mantenha a terra sempre molhada.

Buxinho: o arbusto precisa de sol para não amarelar. Deve ser podado com frequência para manter o seu formato e receber água diariamente .

Cacto: Gosta de sol e não precisa de muita água. Vai bem em janelas.

Ráfis: dentro de casa, deve ficar perto da janela para receber luz. Borrife água fresca nos dias mais secos.

Antúrio: é ideal para espaços mais úmidos, como o banheiro. Deve receber luz difusa -e nunca sol direto nas folhagens.

Lírio da paz: vai bem em áreas sombreadas. Gosta de solo sempre úmido, mas com boa drenagem.

Comigo-Ninguém-Pode: não precisa de muita água e se adapta bem em varandas .

Primavera: é uma planta de sol e resiste bem à maresia e ao vento. Se desenvolve melhor em climas amenos.

Suculenta: precisa de, pelo menos, 3 horas de sol por dia e um solo que não retenha excessos de água.

Lança-de-São-Jorge: Adapta-se em áreas internas. Precisa de solo arenoso e pouca água.

Área das samambaias, no Shopping Garden Sul, no Planalto Paulista.

Plantas à venda no Shopping Garden Sul, que oferece mais de 3.000 espécies em suas lojas.

Na Vila Leopoldina, zona oeste de São Paulo.

COMO CUIDAR

Dicas espertas para manter suas plantas sempre saudáveis e bonitas.

→ Em casa
Se puder, plante suas mudas diretamente no chão, assim as raízes crescem livres

→ No apê
Valorize as áreas que recebem mais luz solar (sacada, sala e janelas). Escolha espécies que preferem luz difusa e que toleram vento

→ Vaso
Opte pelos fundos e com furos, para que a terra fique sempre drenada. Os de barro são melhores por manter a umidade

→ Limpeza
Remova as folhas e os galhos secos. Não corte muito rente, deixe, pelo menos, 1 cm da haste morta

→ Adubo
A cada 4 ou 5 meses, troque a terra do vaso e acrescente matéria orgânica, como o húmus de minhoca de composteiras, adubo orgânico

→ Rega
A frequência varia de acordo com a espécie. Para não errar, coloque o dedo na terra. Se ela estiver seca, coloque água. Faça a rega pela manhã -nunca no sol quente

→ Ambiente
Mude o vaso de lugar e observe onde a planta se adapta melhor. Vale lembrar que as plantas que gostam de sombra não gostam de vento. E as que preferem o sol não toleram umidade

→ Horta
Para realizar o sonho da hortinha própria, os temperos

Para o seu jardim

 

   

Fonte: FolhaUol

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>