Antúrios

anturio
Share Button
Como planta-los…

      O antúrio comum é uma planta tropical que pode atingir de 30 cm até 1 m de altura e tem folhas cordiformes (com forma de coração) de 18 a 40 cm de comprimento e de 9 a 20 cm de maior largura. Sua inflorescência, denominada espádice, é composta de uma grande bráctea (espata), que geralmente tem uma cor viva, e uma espiga carnuda (ráquis) que contém um grande número de minúsculas flores. A espata geralmente é de tons de vermelho, rosa, branco ou verde, mas há algumas outras cores. As espatas também podem ser variegadas.

      O antúrio é uma planta adequada para cultivo em vasos, que podem ser mantidos em locais sem luz solar direta, desde que haja uma boa iluminação natural, incluindo o interior de casas e apartamentos.

anturio vermelho

      Também podem ser cultivados em locais sombreados por árvores e arbustos nos jardins.

      Como as inflorescências são apreciadas em arranjos de flores e normalmente duram pelo menos duas semanas, o antúrio é bastante cultivado em plantações para abastecer o mercado de flores.

anturio branco

Nome científico: Anthurium andreanum. Também há vários híbridos.

Origem: América do Sul (Equador e Colômbia).

Clima: Cresce bem na faixa de temperatura que vai de 15°C a 32°C, e cresce melhor em condições de alta umidade relativa do ar. O antúrio não suporta temperaturas muito baixas.

Iluminação: Sombra parcial.

Irrigação: O solo deve permanecer sempre úmido, mas sem ficar encharcado. Em locais onde a umidade relativa do ar é baixa, a planta pode se beneficiar se ocorrerem aspersões de água uma ou mais vezes ao dia.

Solo: O ideal é um solo bem drenado, leve, fértil, rico em matéria orgânica e com pH entre 5,5 e 6,5.

Época de floração: Em condições adequadas, o antúrio pode florescer durante o ano todo.

Ciclo de cultivo: Planta perene.

Propagação: Por divisão de plantas bem desenvolvidas que apresentam vários caules. Cada parte da divisão deve conter raízes, caule e folhas.

Também é possível utilizar pedaços de caules de plantas que apresentam raízes aéreas. Corte o caule em pedaços que contêm pelo menos duas raízes aéreas e plante-os em solo úmido.

Por sementes, que devem ser semeadas assim que colhidas. As sementes devem ser espalhadas superficialmente em um solo composto de areia e esfagno. Semeie em uma bandeja que deve ficar coberta com plástico para manter a umidade e deve ser mantida em local aquecido. O crescimento das mudas é lento e pode levar vários anos para que uma planta oriunda de semente comece a florescer.

Espaçamento: 25 a 90 cm.

anturio azuis

      Pronto para cultivar esta incrível espécie? Então mãos à terra!

Fonte:Plantei

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>