Aprenda a fazer seu próprio Telhado Verde

telhado
Share Button

Um telhado verde é uma alternativa viável e sustentável perante os telhados e lajes tradicionais, porque facilita o gerenciamento de grandes cargas de águas pluviais, melhoria térmica, serviços ambientais e novas áreas de lazer. O telhado verde proporciona também um ambiente muito mais fresco do que outros telhados, mantendo o edifício protegido de temperaturas extremas, especialmente no verão, reduzindo em até 3°C. Em ambientes extremamente artificiais como o urbano, promovem o reequilibrio ambiental, trazendo os benefícios da vegetação para a saúde pública e a biodiversidade, quando com plantas nativas do local. Às vezes, telhados verdes contam com painéis solares que reduzem o consumo de energia elétrica.

Melhora as condições termoacústicas da edificação, tanto no inverno como no verão. Estudos de bioclimatismo indicam que, com o uso de coberturas vivas, seja possível melhorar em 30% as condições térmicas no interior da edificação, sem recorrer a sistemas de climatização ou ar-condicionado artificiais.

O teto verde também mantém a umidade relativa do ar constante no entorno da edificação, forma um microclima e purifica a atmosfera no entorno da edificação, formando um microecossistema. Contribui no combate ao efeito estufa, aumentando o ‘seqüestro’ (retirada) de carbono da atmosfera e ao mesmo tempo traz mais harmonia, bem estar e beleza para os moradores e/ou ocupantes da edificação. É também um excelente atrativo para pontos comerciais, tornando-os mais visíveis, mesmo quando distantes de locais estratégicos.

As plantas e a terra do telhado verde funcionam como um filtro natural da água, que pode ser armazenada ainda mais limpa, para depois ser usada na irrigação do jardim, nas bacias sanitárias, no chuveiro e, em regiões mais áridas, até para cozinhar e beber.

Para obter um telhado verde, quase sempre é necessário investir uma quantia nem sempre disponível nos bolsos da maioria das pessoas. Mas em nossas pesquisas na internet, encontramos esse passo-a-passo que pode ser muito útil às mentes criativas que estão lendo esse artigo agora. Confira a galeria e deixe sua opinião!

1-preparando-a-lona

Preparando a lona

2-loca-colocada

Lona colocada

3-plantando-a-grama

Plantando a grama

4-multirao

Multirão

5-estrutura

Estrutura

6-gramado-pronto

Gramado pronto

7-forros

Forros

8-acabamento

Acabamento

9-pronto-em-dois-dias-de-sol

Pronto em dois dias e duas noites

10-quatro-meses-depois1

Quatro meses depois…

Fontes:ambientalistasemrede.orgLecy Picorelli / Tibá
Imagens de Lecy C. Picorelli (Arquitetura, Urbanismo, Paisagismo e Design de interiores).

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>