• FINAL 2 - familia flores

    100% Natural

    EcoAdubo oferece nutrição orgânica saudável para plantas

  • FINAL2 - bebe com cachorro na grama

    Seguro e Confiável

    Sem odor e livre de bactérias. Pode ser usado próximo a animais de estimação.

  • FINAL CASAL IDOSO

    Age por muito mais tempo

    Os nutrientes são liberados durante a rega, proporcionando uma nutrição constante e duradoura.

  • FINAL casal cesta verduras

    Rende Muito

    Cada embalagem é suficiente para adubar 40 vasos ou 15m2 de jardins e gramados.

  • FINAL 3 - homem jardim

    Dura mais

    Até dois meses de ação contínua. Plantas bonitas, fortes e saudáveis. Maior resistência à ação de pragas e doenças.

  • FINAL - MAE E FILHA JARDIM

    Rápido e Fácil de Aplicar

    O formato granulado torna simples a aplicação e facilita o enraizamento.

  • FINAL Casal Escolhendo Flores

    Ideal para todos os tipos de plantas

    Inclusive nas flores mais delicadas como orquídeas, rosas e violetas.

  • FINAL 3 - mao juntas muda planta

    Ecologicamente Correto

    Aumenta a fertilidade do solo e sua capacidade de fornecer nutrientes.

  • FINAL - menino oferecendo bouquet flor menina

    Qualidade Comprovada

    Aprovado pelo Ministério da Agricultura e atestado por laboratório ISO 17025:2005.

Em tempos de crise hídrica, agaves e suculentas mostram seu valor

Defensor das agaves devido a seu efeito escultural e, sobretudo, sua fácil manutenção, o paisagista Marcelo Faisal montou em seu viveiro, em São Paulo, um verdadeiro jardim semiárido. Com cerca de dez espécies da planta, provenientes de desertos ao redor do mundo, o espaço se destaca pela variedade. “Fiz um conjunto que ressalta a diversidade de cores e texturas”, conta o profissional.

Capazes de ficar até 30 dias ou mais sem irrigação, elas são as favoritas em períodos de seca. Neste jardim, Marcelo optou por agaves-palito (de folhas mais finas na foto) e babosas, que se portam bem tanto em vaso quanto no solo, onde crescem mais.

PEQUENAS E DURÁVEIS
Primas das agaves, as suculentas têm praticamente as mesmas propriedades – só que em miniatura.

Aloe steudneri: as mudas da família vinda do Norte da Etiópia podem ser cultivadas solitárias ou em conjunto. Um dos cuidados é não adubar muito a terra, o que pode fazer com que a planta cresça exageradamente.
Aloe aristata: originária da África do Sul, a espécie vive feliz em pequenos vasos e não se dá bem com o sol. Quando suas folhas afinam e se fecham, é sinal de que precisa de água.
Aloe cream: com pequenos espinhos nas extremidades, este tipo merece atenção em casas com crianças pequenas. Pode ficar até 15 dias sem água e é indicado regá-lo quando a terra estiver completamente seca.
Echeveria elegans: sucesso entre os aficionados, exibe folhas semelhantes a pétalas de rosa. Ótima para terrários, ela pode atingir até 15 cm de diâmetro.

Fonte: PlanetaSustentavel

Cuidando bem delas

A ciência comprovou o que muita gente já sabia: quem tem plantas por perto é mais feliz. Veja como escolher a melhor para a sua casa – e tratar dela do jeito certo.

1. ESCOLHA A ESPÉCIE
Para quem tem varanda: Samambaia e pitangueira
Onde colocar - Num ponto em que recebam raios solares apenas pela manhã.
Quando regar - Em dias alternados.

Para quem não tem tempo de cuidar: Cactos e Suculentas
Onde colocar - Onde peguem sol direto. Também aceitam luz indireta (se o local for claro).
Quando regar - 1 vez por semana (com sol direto), ou a cada 15 dias (com luz indireta).

Para quem gosta de flores: Rosas e Frésias
Onde colocar - Num lugar bem iluminado. Não precisam de exposição direta ao sol.
Quando regar - Em dias alternados.

Para quem gosta de cozinhar: Manjericão e Hortelã
Onde colocar - Num lugar em que recebam sol direto o dia todo. Podem ser plantados no mesmo vaso.
Quando regar - Em dias alternados.

2. MOLHE DO JEITO CERTO

Tome cuidado para não regar demais. Nunca deixe o solo encharcado, com água boiando sobre a terra, pois isso pode apodrecer as raízes. Molhe também as folhas.

Não se lembra se regou a planta ou não? Enfie seu dedo na terra. Se o solo estiver seco, é hora de colocar água.

Em geral, as plantas devem ser molhadas de manhã. As exceções são os cactos, que preferem água à noite, e plantas que pegam sol direto (é melhor regá-las no fim do dia, pois isso evita que a água evapore).

3. ESCOLHA O VASO IDEAL
Os vasos de barro são melhores que os de plástico, pois são mais úmidos. Se as raízes começarem a se emaranhar, ou sair pelo fundo do vaso, é sinal de que ele ficou pequeno – e é hora de trocá-lo por um maior.

4. FAÇA A MANUTENÇÃO

Ponha adubo - A cada seis meses, é bom trocar a terra do vaso (que estará pobre em nutrientes) e pôr adubo. Retire dois dedos de terra, coloque uma camada fina de adubo e regue, ou use adubo orgânico que condiciona o solo e nutre a planta com o que ela precisa.

Faça a limpeza - As plantas sofrem com a poluição. Uma vez a cada seis meses, pelo menos, limpe a sujeira acumulada nas folhas usando água e os dedos.

Tire os excessos - Remova os galhos e as folhas secas. Não corte rente demais (deixe 1 cm do galho morto). Não se preocupe em podar. Só é necessário em casos específicos, como o do bambu.

5. COMBATA AS PRAGAS

Pulgões e cochonilhas são as mais comuns. Às vezes a planta já vem infestada. Mas você também pode trazer a praga na roupa, após uma ida ao parque. Os sintomas são manchas escuras no caule. Em alguns casos, dá para ver os bichinhos espalhados pela planta.

Usando uma luva, tente tirar os insetos com a mão. Não conseguiu catar todos? Faça chá de fumo de tabaco: um punhado de fumo para 1 litro de água. Aplique a cada dois dias, com um borrifador, até matar a praga.

Outra opção é o óleo de neem, um produto natural encontrado em lojas de jardinagem. A vantagem é que já vem pronto para uso.

6. GANHOU UM BUQUÊ? FAÇA-O DURAR MAIS

Antes de colocá-lo num vaso, corte a ponta dos caules na diagonal – isso aumentará a área de absorção de água.

Fonte: PlanetaSustentavel

Com fazer:
Ideias para jardim embaixo da escada

A área embaixo da escada nem sempre é uma das mais fáceis de decorar. Pode ser uma região morta do ambiente em alguns casos porque não cruza com outros cômodos. Mas pode se tornar um espaço extremamente decorativo na sua ambientação com alguns truques e ideias, e um deles é a criação de um jardim embaixo da escada. Ideia simples, fácil de executar e muito valorizada em projetos pós modernos para interiores.

como fazer passo a passo Leia Mais

11 DICAS FÁCEIS EM FOTOS

A jardinagem é uma técnica utilizada pelo homem desde os primórdios da civilização e que inicialmente surgiu como um modo de sobrevivência. Com o passar os séculos, a jardinagem se tornou mais do que um meio de sobreviver e com isso ela e o paisagismo são uma forma de conseguir decorar a sua cara com o auxílio da natureza. Apesar disso, são técnicas que precisam ser feitas adequadamente para conseguir o resultado desejado e por isso confira 11 dicas de jardinagem e paisagismo. Leia Mais